ciclo biosfera

Roteiro para o ciclo de leitura em torno do livro “Biosfera”
do Vladimir Vernadsky, Dantes Editora

Ministrado pela bióloga Aliny Pires.
4 encontros de 2 horas

Sobre o ciclo:

A vida segue sua lógica de transformações e sua capacidade ímpar de pulsar o planeta. A existência da vida como conhecemos neste planeta é fruto de uma série de processos que operam desde uma escala extraplanetária até uma escala intracelular. Processos que tornam a BIOSFERA um tema fabuloso de estudo.

Aqui, apresentamos alguns dos temas que serão discutidos durante o Ciclo de leitura – Biosfera de Vladimir Vernadsky. Serão quatro encontros que seguirão a sequência apresentada no livro do Vernadsky.

LEIA MAIS

1° encontro : Biosfera e Espaço

A influência do espaço que se insere o planeta, o cosmos, e como as forças e energias que chegam no planeta controlam a biosfera. Serão comentadas as quatro primeiras seções do primeiro ensaio “A Biosfera no Cosmos”: A biosfera no meio cósmico; A biosfera como uma região de transformações de energia cósmica; A generalização empírica e a hipótese e; A matéria viva na biosfera.

Como a energia que vem de fora do planeta sustenta a vida que encontramos aqui, os elementos químicos que propiciam a vida no planeta, as transformações e as formas de energia e a conversão em matéria viva.

2° encontro : Biosfera e Potência

A capacidade da matéria viva de transformar energia e crescer na superfície terrestre. Serão comentadas as três últimas seções do primeiro ensaio “A Biosfera no Cosmos”: A reprodução de organismos e a energia geoquímica da matéria viva; A matéria viva verde e; Algumas observações sobre a matéria vida no mecanismo da Biosfera.

O potencial de crescimento de componentes chaves da matéria vida, os microorganismos e as plantas e seu papel na mobilização da matéria não viva que permite a elaboração da biomassa que sustenta a biosfera.

Processos e conceitos-chave em ecologia como fotossíntese, estequiometria ecológica, crescimento exponencial e logístico dos organismos trarão o suporte para o entendimento destas seções.

3° encontro : Biosfera e Limites

Como a potência de crescimento da matéria viva no planeta permitiu o surgimento de uma camada vida, a biosfera, onde se estabelece o domínio da matéria viva. Serão comentadas as quatro primeiras seções do segundo ensaio “O domínio da vida”: Biosfera – a camada terrestre; A matéria viva de primeira e segunda ordem na biosfera; Os limites da vida e; Os limites da vida na Biosfera. Onde começa e termina esta camada.

Os fatores que regulam e controlam o domínio da vida no planeta e como se estruturam as camadas terrestres, a interação entre elas e o papel da matéria viva nesta interação.

4° encontro : Biosfera e Diversidade

As diferentes formas de organização da vida no planeta, como ela se apresenta e se distribui na hidrosfera e em terra firme e como toda esta variedade de formas, faz com que a diversidade seja a mais impressionante característica da vida no planeta. Serão comentadas as quatro últimas seções do segundo ensaio “O domínio da vida”: A vida na hidrosfera; Ciclos geoquímicos das concentrações e membranas vitais da hidrosfera; A matéria viva em terra firme e; A relação entre as membranas e as concentrações de vida encontradas na hidrosfera com as encontradas em terra firme.

Apresentaremos o papel das diferentes interações biológicas e o papel de cada um dos componentes vivos para manter este espaço viável para nossa existência.

————-

Sobre Aliny Pires:

Aliny é bióloga, doutora em Ecologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Atualmente é professora da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, pesquisadora associada à Fundação Brasileira para o Desenvolvimento Sustentável e uma das coordenadoras da Plataforma Brasileira de Biodiversidade e Serviços Ecossistêmicos. Seu principal interesse de pesquisa é entender o papel da biodiversidade nos mais diversos contextos, incluindo nos processos, funções e serviços ecossistêmicos, bem como para o bem-estar humano.

Sobre o livro BIOSFERA:

Publicado pela primeira vez em 1926, a obra “Biosfera” do russo Vladimir Vernadsky ficou muito tempo ignorada no Ocidente antes de ser reconhecida. É um livro que revolucionou nossa visão do mundo. Vernadsky nos ensina como a vida foi e continua sendo a força geológica transformadora do nosso planeta. Ele mostra as diferenças entre uma visão inanimada e mineralógica da história da terra e um retrato da Terra infinitamente dinâmica como domínio e produto de vida, assunto ainda pouco estudado. O autor cria conexões entre vida na Terra e o resto do planeta, e assim procura entender as profundas implicações da vida como um fenômeno cósmico. Mineralogista de formação, esse pesquisador inventou o conceito de biosfera, o que o torna o fundador da ecologia global.

Sobre Vladimir Vernadsky:

Vladimir Ivanovich Vernadsky (1863-1945) nasceu em São Petersburgo, Rússia. Filho de Ivan Vernadsky, professor de economia política, e Hanna Konstantynovych, professora de música, cresceu na cidade de Carcóvia, na Ucrânia, onde conviveu com o tio E. M. Korolenko, um enciclopedista autoditada e amante da natureza que muito o influenciou.

Em 1876, a família Vernadsky voltou para São Petersburgo. Na ocasião seu pai administrou uma livraria e uma casa de impressão. Vernadsky formou-se na Faculdade de Física e Matemática, na seção de Ciências Naturais, da Universidade de São Petersburgo. Foi aluno de grandes cientistas de seu tempo.

Casou-se, em 1886, com Nataliya Yehorivna Starytska (1860-1943). No ano seguinte nasceu seu primeiro filho, George. Nina Toll, a filha do casal, nasceu em 1898, enquanto moravam em Moscou. Trabalhou em diversas universidades e laboratórios na Rússia, Itália, Alemanha e França.
Enquanto lecionava na Sorbonne, Paris, em 1924, publicou o texto La Géochemie, que foi posteriormente traduzido para o russo, o alemão e o japonês. Trabalhou no laboratório de Marie Curie e desenvolveu o conceito da biosfera, resultando em seu livro seminal Biosfera, foi publicado em russo em 1926. Escreveu muitos artigos sobre geoquímica, mineralogia, águas naturais, cir- culação de fluidos e gases na crosta terrestre.

Vernadsky, considerado um dos fundadores da geoquímica, foi um dos primeiros cientistas a reconhecer que o oxigênio, o nitrogênio e o dióxido de carbono na atmosfera da Terra resultam de processos biológicos.

Sobre a Dantes Editora:

É uma editora que se dedica à pesquisas, edições e projetos culturais que nascem de livros. Seu trabalho expande a atuação da produção editorial para exposições, oficinas, filmes e muitas outras atividades de cunho social, cultural e ambiental. O envolvimento, dedicação e cuidado com as articulações para que cada projeto se
realize, criam trabalhos especiais que conectam áreas de conhecimento diversas.
Há quase 10 anos a Dantes trabalha com o povo Huni Kuin no Acre no projeto Livro Escola Viva que tem sido inspiração para o formato colaborativo que sempre buscou.
Desde 2018 realiza o Selvagem, ciclo de estudo sobre a vida.

Primeira turma: 13,20,27/05 e 03/06/2020

Material de estudo